A importância do sono para viver melhor

Você sabia que o sono interfere diretamente na nossa qualidade de vida? Dormir bem pode fazer com que fiquemos bem-dispostos e possamos aprender mais. E, por outro lado, quando não temos uma boa noite, ou não dormimos, nosso corpo começa a apresentar sinais de cansaço, prejudicando a atenção e a nossa saúde.

Pensando nisso, e em como esse é um tema sempre atual, tanto para os jovens, quanto para os adultos, convidamos a psiquiatra Gabriela Crenzel para conversar com as famílias e colaboradores do Andrews sobre meios de criar uma rotina saudável de sono. Durante a palestra “Dormir bem: a importância do sono para viver melhor”, todos puderam fazer perguntas e tirar dúvidas importantes sobre o assunto.

A pergunta de milhões: “Como dormir bem?”

Segundo Gabriela Crenzel, para dormir bem precisamos criar uma rotina e nos preparar antes de deitar. Não usar aparelhos eletrônicos é imprescindível porque, segundo a psiquiatra, o ser humano necessita do escuro para conseguir dormir e, acima de tudo, dormir bem.

Além disso, Gabriela falou que a prática de exercícios regulares são benéficos para a saúde e melhoram também a qualidade do sono.“Algumas pessoas não dormem bem por problemas de saúde e a prática de exercícios aeróbicos, como caminhadas, é muito importante para mudar esse quadro”, explicou.

Outros aspectos também podem interferir, como ansiedade e outras condições psicológicas que devem ser tratadas e acompanhadas por um profissional da área.

Qual a hora adequada de sono para crianças e adolescentes?

Segundo a psiquiatra, crianças e adolescentes necessitam de mais horas de sono que um adulto, reduzindo conforme a idade avança. “Um adolescente, por exemplo, tem que dormir entre oito e dez horas à noite”, explica. No caso dos adultos, o tempo necessário é parecido, entre sete e oito horas.

A especialista também reforçou sobre o tópico “sonecas e cochilos”, que podem ser prejudiciais, dependendo da rotina de sono. Segundo ela, não dá para “repor” as horas de sono perdidas, sendo mais interessante, depois de uma noite mal dormida, não adormecer durante o dia e tarde, somente à noite. O mesmo acontece quando dormimos demais. "Dormir muito também faz mal, pois pode desregular nossos hormônios”, alertou.


 

 

COLÉGIO ANDREWS

(21) 2266-8010

Endereço:
Rua Visconde de Silva, 161
Humaitá CEP 22271-043
Rio de Janeiro - RJ

Colégio Andrews
Todos os Direitos Reservados
@ 2017