Novo Ensino Médio 2023: O que permanece e o que muda?

Em 2022, o Ensino Médio de todas as escolas mudou devido a uma nova legislação que entrou em vigor. A ideia principal é que o aluno tenha mais autonomia para escolher sua formação. No Andrews, mantivemos a mesma excelência acadêmica na Formação Geral Básica, que corresponde a 60% de todo o segmento, e fornecemos possibilidades com qualidade pedagógica em três itinerários por área de Formação Profissional feitos para as escolhas dos alunos: Humanas, Exatas e Biomédicas.

Não existindo um modelo único, a legislação permite que as escolas ofereçam os itinerários de acordo com o que faz sentido para a instituição e seus alunos. Assim, a escolha dos estudantes pelos itinerários, que já é permitida a partir do 9º ano do Fundamental II, no Andrews, acontecerá um pouco mais tarde.  

Acreditamos ser muito cedo para o estudante que está entrando no Ensino Médio tomar a decisão de qual área ele deseja cursar no futuro. Por isso, organizamos a 1ª série como um “ciclo básico”: um preparatório onde os estudantes irão vivenciar um pouco de cada um dos três itinerários, juntamente com a formação geral básica, dando tempo para um maior aprofundamento da futura escolha que deverão fazer para o ano letivo da 2ª série, em 2023.

Esse ciclo básico acontece em paralelo ao Projeto Profissional e Universitário (PPU). O Projeto, que já existe há muitos anos e é a espinha dorsal do nosso Ensino Médio, tem como foco a construção da identidade profissional do jovem, através do que cada um vai revelando de suas características e interesses para ajudá-lo a construir um Projeto de Vida e uma escolha mais consciente. 

Certezas provisórias e uma formação geral básica abrangente 

Sabemos como os dilemas e as angústias que envolvem a definição de uma profissão são cada vez mais intensos. Por isso, no Andrews achamos importante trabalhar com os alunos o conceito de certezas provisórias e desconstruir, em parte, o mito de que há a opção certa ou a errada para cada um ou ainda uma escolha para a vida toda.

Pensando nisso, que, ao final da 2ª série, se for do desejo do aluno, ele poderá fazer uma nova escolha de itinerário. Para que ele possa sustentar essa escolha, com segurança e confiança de que não será prejudicado, a formação geral básica do Ensino Médio será robusta, abrangendo as Ciências Humanas, da Natureza, as Linguagens e a Matemática.

Além disso, a implementação do Novo Ensino Médio tornou necessária a reformulação do ENEM, mas ainda existem muitas incertezas acerca de como será o exame em 2024, ano em que esses alunos que estão cursando a 1ª série em 2022 farão o vestibular.

Por essas razões, a previsão de proporção de carga horária da formação geral básica e dos itinerários serão diferentes em cada série. A formação geral básica tem carga horária maior na 1ª série e vai proporcionalmente diminuindo nos dois últimos anos do Ensino Médio. Já os itinerários, terão carga horária aumentada conforme o vestibular se aproxima, pensando no aprofundamento e preparo dos alunos para os exames externos.

Para complementar e enriquecer ainda mais a parte diversificada do currículo dos alunos e dar mais ferramentas para a sua formação, o Projeto COLMEIA continua presente no cotidiano das aulas. Na 2ª série, os estudantes poderão escolher dois favos por trimestre, seja no campo do Mundo do Trabalho, da Condição Humana ou do Mundo Acadêmico.

O Novo Ensino Médio veio com mudanças estruturais e significativas, trazendo flexibilidade para que cada escola introduza as inovações necessárias. Dessa forma, acreditamos que todo conhecimento adquirido não terá como função somente a aplicabilidade na vida cotidiana, mas também a construção de um capital cultural rico para a formação de estudantes capazes de ler o mundo e fazer escolhas mais conscientes.


 

COLÉGIO ANDREWS

(21) 2266-8010

Endereço:
Rua Visconde de Silva, 161
Humaitá CEP 22271-043
Rio de Janeiro - RJ

Colégio Andrews
Todos os Direitos Reservados
@ 2017